O TeleVisões

 

O TeleVisões é um grupo de pesquisa que reúne alunos de pós-graduação e graduação interessados nos estudos da Televisão em seus diferentes aspectos, sobretudo os ligados às configurações das novas mídias. O grupo é coordenado por Ariane Holzbach, Mayka Castellano e Melina Meimaridis.

 

Nossa proposta é inserir esses estudantes no universo acadêmico, estimulando o gosto pela pesquisa, a participação em eventos e a publicação de trabalhos.

 

Membros do grupo

Ariane Holzbach
Professora adjunta do curso de Estudos de Mídia e membro da Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. Doutora e mestre em comunicação pelo PPGCOM UFF, com doutorado-sanduíche realizado na McGill University. Graduada em Jornalismo pela UFPE. Fez pós-doutorado em História pelo Departamento de Pós-graduação em História da UERJ, com pesquisa voltada para audiovisual, novas tecnologias e memória social. Coordenadora do grupo TeleVisões (UFF), assim como do Congresso TeleVisões, e do grupo AnimaMídia (UFF). Desenvolve pesquisa voltada para audiovisual e novas mídias, entretenimento, cultura digital, história das mídias e desenhos animados. É autora de “A invenção do videoclipe: a história por trás da consolidação de um gênero audiovisual” (2016) e organizadora, junto com Mayka Castellano, de “TeleVisões: reflexões para além da TV” (2018).

Contato: arianeh@id.uff.br  

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | ResearchGate

Mayka Castellano
Mayka Castellano é professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e do Departamento de Estudos Culturais e Mídia da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutora e mestre em Comunicação e Cultura pelo PPGCOM da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ), na linha Mídia e Mediações Socioculturais, onde também realizou um pós-doutorado. Trabalha em pesquisas do campo da Comunicação, com interesse em Consumo Cultural, Cultura dos Fãs, Televisão, Gosto, Cultura Terapêutica, dentre outros temas. Atualmente, desenvolve pesquisa sobre produção de subjetividade e representação nas ficções seriadas televisivas. Autora do livro “Vencedores e fracassados: o imperativo do sucesso na cultura da autoajuda”, dentre diversos outros trabalhos.

Contato: maykacastellano@gmail.com

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | Researchgate

Melina Meimaridis
Melina Meimaridis é Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É mestre em Comunicação e se graduou com Láurea Acadêmica, em Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, ela está desenvolvendo sua tese sobre a ficcionalização de instituições sociais nas séries televisivas. Outras áreas de interesse são novas mídias e televisão, streaming, “Comfort Series”, spoilers e estudos de fãs. Entre 2012 e 2018, Melina coordenou o Série Clube, projeto acadêmico e colaborativo dedicado à investigação e ao debate de aspectos relativos à linguagem da ficção seriada televisiva. Profissionalmente, trabalhou entre 2013-2018 na produtora audiovisual Segunda-Feira Filmes como assistente de produção executiva. No presente, é uma das coordenadoras do TeleVisões (UFF) e pesquisadora associada ao Série Clube (UFF).

Contato: melmaridis@hotmail.com

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | Researchgate

Bárbara Camirim
Bárbara Camirim é doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas (UFBA) e se graduou Comunicação Social (UFRJ). Atualmente, ela está desenvolvendo sua tese sobre a negociação da representação negra na Netflix, a partir da campanha Strong Black Lead. Outras áreas de interesse são a economia política da televisão e do streaming e a representação negra e de gênero nas narrativas seriadas. No presente, é pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF).

Contato: camirim.barbara@gmail.com

Lattes | Academia | ResearchGate

 

Caio Melo
Caio Melo é Mestrando no Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense e Bacharel em Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, desenvolve o seu trabalho de dissertação sobre webséries e produção televisiva no YouTube. Outras áreas de interesse são produção seriada televisiva, paratextos narrativos e produção transmidiática.

Contato: caiomelo@id.uff.br

Lattes | ResearchGate | Google Scholar

 

Christiane Campos
Atualmente (2020-2024) é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, da Universidade Federal Fluminense, onde também titulou-se mestre em Comunicação (2020) e graduou-se em Produção Cultural (2006). É especialista em Estudos Literários pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009) e tem experiência na área de Organização de Eventos (Nacionais e Internacionais), com ênfase em Cultura, e na área de Comunicação, com ênfase em Teoria da Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura popular, cultura latino-americana, artes integradas, curadoria, Museu Afro Brasil, África, Mulher Negra, Beleza, Representatividade e YouTube. Profissionalmente, atua como pesquisadora, gestora e consultora em comunicação e produção cultural. Aléḿ disso, é pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF) e ao Nemacs (UFF).

Contato: crcampos@id.uff.br

Lattes | Academia | ResearchGate

 

Daniel Rios
Daniel Rios é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É mestre em Comunicação e se graduou em Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, ele está desenvolvendo sua tese sobre a reconfigurações nas métricas de audiência em plataformas de streaming. Outras áreas de interesse são televisão, ficção seriada, comunidades de fãs e memes. Desde 2013, Daniel participa do Série Clube, projeto acadêmico e colaborativo dedicado à investigação e ao debate de aspectos relativos à linguagem da ficção seriada televisiva. Profissionalmente, trabalhou no setor comercial das rádios Mix Rio FM e SulAmérica Paradiso FM. No presente, é pesquisador associado ao TeleVisões (UFF), ao Série Clube (UFF) e ao Laboratório de Comunicação, Culturas Políticas e Economia da Colaboração (coLAB / UFF).

Contato: daniel_rios@iduff.com.br

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | ResearchGate

 

Daniela Mazur
Doutoranda (2018–) e Mestre (2016–2018) pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense e graduada em Estudos de Mídia também pela UFF (2014). Atualmente é a coordenadora adjunta do projeto Série Clube, iniciativa acadêmica dedicada à investigação e debate de aspectos relativos à linguagem da ficção seriada televisiva. É pesquisadora vinculada ao TeleVisões e ao MidiÁsia (Grupo de Pesquisa em Mídia e Cultura Asiática Contemporânea), além de secretária executiva do Congresso TeleVisões e integrante da Revista Contracampo. Atualmente a sua pesquisa abrange temas relacionados aos estudos televisivos e aos estudos asiáticos e cultura pop leste-asiática, como Hallyu, Pós-Ocidente, Desocidentalização, Ficção Seriada, Plataformas de Streaming na Periferia Global e Ascensão Periférica de Polos de Produção Televisiva e seus Contrafluxos Globais.

Contato: danielamazur@id.uff.br

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | ResearchGate

 

Gabriel Ferreirinho
Gabriel Ferreirinho é Doutorando e Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É graduado em Estudos de Mídia com Láurea Acadêmica pela mesma instituição. Atualmente, está desenvolvendo sua tese sobre a interlocução entre noções de qualidade artística e relações de gênero. Outras áreas de interesse são ficção seriada televisiva; “TV de qualidade”; representações e masculinidades. No presente, é pesquisador associado ao TeleVisões (UFF), ao Série Clube (UFF) e atua como editor-executivo da Revista Contracampo (UFF).

Contato: gabrielferreirinho@gmail.com

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | ResearchGate

 

Igor Nunes
Igor Nunes é Mestrando no Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense, Bacharel em Produção Cultural e Graduando em Letras, ambas pela mesma instituição. Atualmente, desenvolve o seu trabalho de dissertação sobre telenovelas e sua produção como reflexo social e cultural, com foco na interseccionalidade que envolve as representações. Outras áreas de interesse são estudos de gênero, estudos raciais, televisão, consumo cultural, identidade.

Contato: igornunes@id.uff.br

Lattes | Academia

 

Izabel Raphael
Izabel Raphael é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense e graduou-se em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela FACHA – Faculdades Integradas Hélio Alonso. No momento, está desenvolvendo sua dissertação sobre a representação das favelas cariocas nos videoclipes. Estudos que envolvem comunicação comunitária, questões raciais, identidade e consumo cultural também fazem parte do interesse.

Contato: izabelraphael@id.uff.br 

Lattes | Academia

 

Joana d’Arc de Nantes
Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É mestre em Comunicação e se graduou com Láurea Acadêmica, em Produção Cultural e Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, ela está desenvolvendo sua tese sobre a construção da família em telenovelas infantis e infantojuvenis latino-americanas. Outras áreas de pesquisa são estudos culturais, recepção, televisão, cultura fã, dentre outros temas. Profissionalmente, atua na idealização e produção de festivais de cinema, cineclubes, apresentações teatrais, exposições e projetos de arte-educação e acessibilidade. No presente, é pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF) e ao Nemacs (UFF).

Contato: joanadarc@id.uff.br

Lattes | Google Scholar | Orcid | Academia | ResearchGate

 

João Pedro Pinho
João Pedro é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É Mestre em Comunicação e Graduado em Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, desenvolve sua tese sobre séries televisivas semi-autobiográficas. Outras áreas de interesse são ficção seriada televisiva, gêneros e estruturas narrativas, dramédia, estética realista, streaming e representação nas mídias. Atualmente, é pesquisador associado ao TeleVisões (UFF).

Contato: joaopedropgt@gmail.com

Lattes | Academia | Researchgate | Google Scholar

 

Luiza Costa
Luiza Costa é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É graduada em Estudos de Mídia pela mesma instituição. No momento, desenvolve sua dissertação sobre séries musicais. Outras áreas de interesse são televisão, música, ficção seriada televisiva, videoclipe, musicais, estudos de gênero. Atualmente, é pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF) e atua como Coordenadora de Comunicação da Revista Contracampo (UFF).

Contato: luizagc@id.uff.br

Lattes | Academia | ResearchGate

 

Luiza Stefano
Luiza Stefano é doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É mestre em Comunicação e se graduou em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Atualmente, ela está desenvolvendo sua tese sobre a apropriação da linguagem dos memes pela cultura televisiva. Outras áreas de interesse são cultura fã, televisão, reality show e cultura digital. Profissionalmente, é especialista em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais e trabalha com Marketing Digital e Audiovisual. No presente, é pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF) e ao CoLAB (UFF).

Contato: luizamellost@gmail.com

Lattes | Orcid | Academia | ResearchGate

 

Matheus Bibiano
Matheus Bibiano é Mestrando no Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense e Bacharel em Estudos de Mídia pela mesma instituição. Atualmente, desenvolve o seu trabalho de dissertação sobre a organização da política cultural das emoções na ficção seriada televisiva, abordando, principalmente como as séries de televisão fazem parte de um repertório cultural-emocional que molda possíveis configurações de masculinidades negras. Outras áreas de interessa são estudos de gênero, estudos queer, representações na mídia e sociologia das emoções.

Contato: mabibiano@id.uff.br

Lattes | Academia | ResearchGate | Google Scholar

 

Patrícia Fernandes
Patrícia Fernandes é mestre em Mídia e Cotidiano pelo Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (UFF). É especialista em Marketing (FGV) e bacharel em Comunicação Social – Jornalismo (UFF), em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda (UFF) e em História (UFRJ). Defendeu dissertação intitulada “TV, cotidiano e neotribos: consumo coletivo, transmídia e convergente em @netflixbrasil (Facebook)” e atualmente estuda relações (de consumo e produção) entre juventudes e mídias digitais a partir da literacia midiática. Tem interesse, ainda, em História Medieval e nos cruzamentos entre teorias e filosofias da História e experiências sociopolíticas contemporâneas atravessadas pelas mídias. Pesquisadora associada ao TeleVisões (UFF) e ao Mídias, redes e jovens (UFF). 

Contato: patriciafvfc@gmail.com  

Lattes | Academia | Researchgate

 

Paula Fernandes
Paula Fernandes é doutoranda (2020-2024) pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). É graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), mestre em Comunicação e especialista em Literatura Infantojuvenil, ambos também pela UFF. Além de membro do TeleVisões, faz parte do grupo de pesquisa NEMACS e é coordenadora da equipe de editores da Revista Contracampo. A investigação principal de sua tese é sobre as subjetividades nas trajetórias de vida das celebridades, com foco principal nas estratégias de visibilidade e a relação com o conceito de sucesso ao longo dos tempos. Além disso, suas pesquisas se concentram em temas como estudo de celebridades, YouTube, narrativas biográficas, sucesso, fama, escândalos, visibilidade e estudos de fãs.

Contato: fernandespaula@id.uff.br

Lattes | Orcid | Google Scholar | Academia | Researchgate

 

Pedro Alves
Licenciado em Cinema e Audiovisual e atual mestrando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação, ambos realizados na Universidade Federal Fluminense (UFF). Desde a licenciatura, suas principais áreas de interesse foram as análises das diferentes representações da infância no audiovisual, assim como o gênero do horror. Conseguiu unir os dois objetos na pesquisa de sua dissertação ao se debruçar sobre os seriados de terror direcionados ao público infanto-juvenil. Profissionalmente, atua como pesquisador, roteirista e curador de festivais de cinema. No presente, é pesquisador associado ao TeleVisões (UFF) e ao AnimaMídia (UFF).

Contato: pedro_alves@id.uff.br 

Lattes | Orcid | Academia | Researchgate

 

Rodrigo Quinan

Rodrigo Quinan é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense, mestre pelo mesmo e graduado pelo curso Estudos de Mídia na UFF. Atualmente desenvolve sua tese sobre teorias da conspiração e crise epistemológica, tendo também interesse no campo de estudos televisivos.

Contato: rodrigoquinan@id.uff.br

Lattes | Academia